© 2037 by Causa Vegana

CONTATO

Dúvidas, elogios, críticas, contribuições, anúncios:

causavegana.com

Acessar página inicial

Greve causou morte de 70 milhões de animais mas, sem ela, seriam 166 milhões

May 31, 2018

Em dez dias de greve dos caminhoneiros, associações de exploradores estimam que cerca de 70 milhões de animais tenham morrido de fome. Isso porque a ração não chega até as fazendas onde eles estão confinados esperando o abate.

 

Assista ao vídeo | YouTube:

 

 

 

Grande parte dos frigoríficos do país paralisou os abates há dias porque não há caminhões para levar os animais das fazendas para os matadouros e nem dos matadouros para os supermercados.

A maior parte desses animais mortos por inanição são aves, mais sensíveis à falta de ração. Os frangos criados para carne e as galinhas criadas para ovos são os primeiros animais a morrerem diante de uma situação como essa.

 

E é claro que é devastador pensar na angústia e dor desses animais ao morrer sem ter o que comer. Mas, como tudo tem dois lados, precisamos pensar também no que aconteceria a esses animais se a greve não estivesse acontecendo.

 

Em períodos de normalidade – se é que podemos falar dessa forma –, o Brasil mata 193 animais por segundo, de acordo com dados do IBGE. São 191 frangos ou galinhas, 1 porco e 1 boi. Por hora, são 695 mil animais. Por dia, a pecuária brasileira mata 16.675.200 animais. Em dez dias, portanto, teríamos matado mais de 166 milhões de animais para atender a demanda por carnes, laticínios e ovos.

 

Desconsiderando qual forma é pior de morrer, considerando apenas os números, a greve fez com que milhões de animais deixassem de ter suas gargantas cortadas. Quase 100 milhões de animais em apenas dez dias deixaram de morrer nos frigoríficos brasileiros.

 

Se esses números também aterrorizam você, junte-se aos veganos e faça a sua parte para mudar esse cenário.

 

 

 

Fonte: Vista-se

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

POSTS RECENTES
Please reload

Vegana

Causa

.com